Patologias hepáticas

Doenças e disfunções associadas ao fígado, agravadas com estilos de vida pouco saudáveis ou provocadas por alterações genéticas e do sistema imunitário.

O aumento das patologias hepáticas reflete uma transformação no modo de vida e um exemplo dessa mudança é a cada vez mais elevada tendência para o consumo de álcool. O sedentarismo e uma dieta alimentar inadequada também contribuem para o aumento das patologias hepáticas, como é o caso do fígado gordo que, embora sendo uma doença recente, se tornou uma das mais frequentes nos países desenvolvidos, estando frequentemente associada à obesidade, diabetes e altos níveis de colesterol.


Existem ainda algumas outras doenças hepáticas menos frequentes relacionadas com alterações genéticas ou do sistema imunitário, como é o caso da hemocromatose, devido a uma absorção intestinal excessiva de ferro ou a doença de Wilson, provocada por um defeito da excreção biliar do cobre. 


Em simultâneo com o consumo de álcool, a prevalência de vírus das hepatites A, B, C, D e E é a principal causa de mortalidade com origem no fígado, tendo também aumentado nos últimos anos as hepatites tóxicas associadas ao consumo de medicamentos e suplementos alimentares.

Fonte: Tupam Editores, 2020

Solução proposta para diagnóstico:

Sistema de Eco-Elastografia sobreposta de alta frequência

O Aixplorer, da SuperSonic Imagine, é o primeiro dispositivo de imagem de ultrassom que pode ser utilizado como um complemento à gestão clínica dos pacientes com doença hepática. É uma ferramenta completa que permite a avaliação da fibrose hepática, estenose hepática e a caracterização dos nódulos hepáticos. Permite um diagnóstico superior da fibrose hepática através da Elastografia Hepática. Ou seja, para além de se apresentar como um sistema de ecografia de alta resolução, inclui também a capacidade de medir a rigidez do fígado, parâmetro esse realizado num outro exame e com outro equipamento.

Consiste num exame de 1 minuto, com uma taxa de sucesso de 98.1%. Para além do propósito hepático, o SuperSonic Imagine Aixplorer MACH® 30 pode ser utilizado num contexto mais alargado, para geração de imagens e medição das seguintes estruturas anatómicas: Órgãos abdominais, pequenos órgãos, músculo-esqueléticos, músculo-esqueléticos superficiais, vasculares, vasculares periféricos, ginecologia e Obstetrícia, pélvica, pediatria, trans-retal, trans-vaginal, urologia, cardiologia neonatal/adulto cefálica e não invasiva.

Literatura:

Piscaglia F, Salvatore V, Mulazzani L, Cantisani V, Colecchia A, Di Donato R, Felicani C, Ferrarini A, Gamal N, Grasso V, Marasco G, Mazzotta E, Ravaioli F, Ruggieri G, Serio I, Sitouok Nkamgho JF, Serra C, Festi D, Schiavone C, Bolondi L. (2017) Differences in liver stiffness values obtained with new ultrasound elastography machines and Fibroscan: A comparative study. Jul;49(7):802-808.

Contactos


Morada

Nanomedical, Lda

Estrada do Paço do Lumiar 44 CID

Rua António Champalimaud, Lote 1

Polo Tecnológico de Lisboa- Lispólis

1600-546 Lisboa

Tel:+351 21 710 1100

mail @ nano-medical.org

logistica @ nano-medical.org